Modern technology gives us many things.

Enterrados vivos – 4 historias arrepiantes

1

Na ficção se tornou algo comum, ter alguns enterrados vivos por culpa de sujeitos paranoicos, ou algum criminoso querendo esconder seus pecados.

Mas isso não se limita a imaginação, o mundo esta cheio de histórias assim, pessoas enterradas antes da hora. Essa é a história de 4 pessoas que tiveram este destino.

Bebê recém-nascido

Em uma fazenda de Khatima, na cidade da Índia, um Bebê recem nascido foi enterrado vivo, sua salvação veio por meio da população local. Um trabalhador percebeu o rosto de uma criança saindo da terra, e juntou outros locais para fazer o resgate, tudo foi filmado e postado na internet.

credito: divulgação

A criança estava coberta de lama na boca, orelhas e nariz, seu quadro foi normalizado ao chegar no hospital, o estranho é que não houve nenhum registro de crime, e ninguém descobriu quanto tempo a criança passou ali.

Ressurgindo da cova

Nina Rudchenko, uma ucraniana com 57 anos na época dos acontecimento, passou por uma tragédia diferente.

Em abril de 2020, ela foi atacada por seus vizinhos, um homem de 27 e outro de 30 anos, eles estavam bêbados e espancaram com um taco de beisebol.

credito: divulgação

A tortura sem motivo durou por horas, até que Nina desmaiou. depois a dupla de torturadores levaram a moça para um cemitério e a obrigaram a cavar sua própria cova. Ela foi enterrada viva pelos vizinhos.

Quando notou estar sozinha, a ucraniana começou a se libertar do túmulo e escapou da morte eminente. Ela caminhou alguns metros e desmaiou sendo acordada no outro dia por sua irmã Ludmila Gura que notou o estado lamentável em que nina se encontrava.

Era dificil reconhecê-la com tantas marcas no corpo e no rosto. Ela foi levada para um hospital e os medicos ficaram chocados ao ver o estrago.

Ela foi diagnosticada com concussão cerebral, mandíbula e nariz quebrado.

Além de contusões no corpo e na cabeça. A investigação ainda esta em andamento mas os criminosos estão detidos e podem pegar até 10 anos de prisão.

A tragédia de Barbara

Barbara Mackle é filha do milionário Robert f. Mackle. Ela foi sequestrada em 17 de dezembro de 1968 aos 20 anos durante a pandemia da Gripe de Hong Kong. Ela foi abordada por dois falsos policiais que usaram clorofórmio para fazer a garota desmaiar. Sua mãe estava com ela no hotel e foi obrigada a assistir tudo sem poder reagir.

credito: divulgação

A garota foi enterrada em um lugar secreto em um cachão de fibra de vidro, equipado com bomba de ar, filtro para enchentes, água com sedativo e comida.

O local onde foi enterrada Só seria revelado para a família caso pagassem 500 mil dólares. Antes de ter o cachão fechado, a estudante foi obrigada a tirar uma foto segurando uma placa com a palavra “kidnapped” que significa sequestrado.

Até ser encontrada Barbara perdeu 10 kilos e teve sequelas graves, o sequestrador foi preso e Barbara escreveu um livro contando sua história. Os livros já foram adaptados para as telas duas vezes.

Sequestrada por um urso

Natalya Pasternak foi atacada por um urso em 2015. Ela saiu com uma amiga e o cachorro para colher seiva de bétula, em uma floresta das proximidades. Ela lutou contra o animal mas ele era forte e focado a missão de enterrar a sua proxima refeição.

Natalya foi enterrada pelo urso, que saiu brevemente. Ela pensou que o animal havia se perdido. Mas quando menos esperava ele apareceu, e começou a lamber seu pescoço e morder suas pernas.

credito: divulgação

A dor era insuportável seus braços estavam destruídos e as pernas completamente arruinadas.

Natalya já tinha desistido, quando apareceu Sergei Ivanov que atirou no animal garantido a salvação de Natalya. Ela foi levada as pressas par aum hospital onde recebeu tratamentos para seus graves ferimentos.

1 comentário
  1. […] morte só gerou mais perguntas, mesmo se ela estivesse sofrendo com algum tipo de psicose ou […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.